Notícias

Barracas de praia recebem placas de energia solar em Maceió

Barracas de praia recebem placas de energia solar em Maceió

O celular acompanha as pessoas em todos os lugares, atualmente, até mesmo na praia, para tirar fotos, ouvir músicas e ficar em contato com as pessoas. Porém, a bateria pode acabar em algum momento e foi pensando nisso que quatro alunos do Instituto Federal de Alagoas (IFAL) instalaram placas de energia solar nos guarda-sóis que ficam na areia da praia da orla da capital de Alagoas. A tecnologia permite que celulares e caixas de som sejam carregados utilizando apenas a energia solar.

O professor dos alunos responsáveis pelo projeto diz que a ideia teve início após um estudo sobre as necessidades dos barraqueiros. O projeto deu certo graças à parceria de um comerciante, que aluga guarda-sóis e cadeiras em uma das praias, que acreditou e apoiou a invenção dos alunos de eletrotécnica do Instituto Federal de Alagoas.

A energia limpa e sustentável é captada por painéis solares de 20 centímetros que foram grudados na parte de cima do guarda-sol. O principal objetivo do projeto é gerar energia na praia sem prejudicar o meio ambiente. A energia gerada pelas placas de energia solar fotovoltaica está agradando aos frequentadores que precisam carregar seus celulares e outros equipamentos eletrônicos.

Nos dias em que o sol está bem forte, as placas solares são capazes de captar energia máxima e manter equipamentos eletrônicos carregando o dia todo. Os painéis solares estão em fase de teste há dois meses e cada placa com o cabo USB necessário custam em torno de R$ 270. Segundo o professor, as placas não acumulam carga, a tensão que elas geram chega a 5V e potência de 6W. Essa criação é mais um serviço que os barraqueiros irão poder oferecer aos clientes. Além de ser um diferencial, as placas solares irão gerar uma renda extra para os comerciantes da praia.

Um dos barraqueiros parceiros do projeto explica que os painéis solares possuem maior potência a partir das 9h, quando os raios solares estão mais fortes, até às 15h da tarde, em que a potência se mantém não tão forte como cedo, mais ainda capaz de carregar aparelhos eletrônicos. A ideia agradou tanto aos frequentadores quanto aos comerciantes e, por esse motivo, os estudantes já estão planejando ampliar e melhorar o projeto das placas solares. Até dezembro deste ano eles querem fazer melhorias e novos protótipos, além de não descartarem a possibilidade de levar o projeto para todas as praias da região do Nordeste!

Cada vez mais os estudantes de várias partes do Brasil criam projetos com energia solar! Em São Paulo, um estudante criou uma bicicleta movida a energia solar. Na Paraíba, outro jovem criou um filtro de água que utiliza a energia solar para refrigerar a água. Fora do Brasil, nos Estados Unidos, um grupo criou uma tenda com placas de energia solar para moradores de rua.

Se você se interessa por energias renováveis, captação de energia solar, placa solar e energia alternativa, entre em contato com a Energia Solar Soluções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *