Notícias

Pontos de ônibus metropolitanos de SP utilizam placas de energia solar

Pontos de ônibus metropolitanos de SP utilizam placas de energia solar

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) instalou desde o início de outubro placas solares para captação de energia solar em pontos de ônibus do Corredor Biléo Soares, na região metropolitana de Campinas. A iniciativa faz parte de sua política de sustentabilidade e meio ambiente.

No total são quatorze pontos de ônibus que já possuem placas solares instaladas. Estima-se, ainda, que estejam equipados vinte pontos, ao todo, com o sistema de captação de energia solar até o final do ano. A EMTU/SP foi pioneira ao implantar a tecnologia solar em pontos de ônibus em São Paulo. A empresa pretende usar a energia solar em mais empreendimentos pertencentes.

Para que este projeto funcionasse, foi feito um estudo que começou há três anos e os primeiros testes foram feitos somente no primeiro semestre deste ano. Segundo o engenheiro elétrico responsável, os sistemas das paradas de ônibus são parecidos com os utilizados em residências. A tecnologia solar instalada nos pontos de ônibus é conectada com a rede de energia da CPFL, com isso, gera um crédito em energia para o Estado e este pode ser utilizado nas próprias paradas e também em outros equipamentos metropolitanos.

A instalação custa cerca de R$ 6,7 mil por parada, porém, há uma perspectiva de recuperação do investimento em até três anos e um mês – o sistema conhecido como pay back. As placas solares utilizadas nas paradas de ônibus possuem tecnologia nacional e estrangeira. As placas solares ficam com o trabalho de captar a energia solar e transformar em eletricidade. As medições de geração são feitas e acompanhadas diariamente. A empresa afirma que, atualmente, produz mais energia do que utiliza, de forma gratuita.

Outro benefício que as placas solares instaladas nos pontos de ônibus trazem foi destacada pela superintendente de Engenharia da EMTU/SP: segurança noturna, pois até mesmo no período da noite as placas solares geram energia, dessa forma, o sistema é de alta confiança!

De acordo com o diretor-presidente da EMTU/SP, o meio ambiente precisa ser cuidado, sendo assim, a empresa está buscando soluções inovadores para reduzir danos ao planeta. Muitos projetos estão utilizando a energia solar, por exemplo, em Cuiabá existe um ponto de ônibus climatizado com energia solar.

A energia solar fotovoltaica no Estado de São Paulo cresce constantemente e, além disso, o governo do estado firmou um convênio de R$ 2 milhões para projetos de energia solar. Já existem muitos projetos com energia solar e devido à redução de preços e aumento de incentivos, muitos consumidores residenciais, empresariais e até mesmo rurais estão optando pela energia solar como fonte de energia própria, limpa e sustentável.

A energia solar precisa ser melhor explorada, pois o Brasil é um país com incidência solar em abundância. Além disso, sustentabilidade é um assunto importante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *